Viña e Valpo

vina-e-valpo

Hoje foi dia de conhecer Viña del Mar e valparaíso, além de conhecer também o Oceano Pacífico, claro! Certamente ficará gravado na memória. Mas … pra que não fique apenas em nossas mentes, vamos dividir aqui o que vimos e achamos de cada cidade pra que você fique sabendo e possa se planejar direitinho em sua viagem.

Valparaíso

A cidade de Valparaíso é sem dúvidas uma das mais importantes do Chile. Somando aos números de Viña del Mar se torna uma das áreas metropolitanas mais povoadas do país. Valpo é uma cidade portuária e de lá sai boa parte de sua economia. Seu porto foi por longos anos não só o mais importante do país, como também de todo o Pacífico Sul. É sede ainda do Congresso Nacional, da Armada de Chile e de instituições importantes como o Ministério de Culturas, Artes e o Patrimônio e a Subsecretaria de Pesca. Embora estes sejam dados relevantes, a cidade se mostra um tanto carente de “manutenção”. Parece faltar um pouquinho de cuidado com as ruas, com as pinturas das fachadas, mas isso não tira a importância e a história que a cidade tem. A cidade é cercada de morros (chamados cerros) e foi “construída” em cima deles. Cada cerro é como um bairro e isso acaba trazendo uma característica muito especial. Inúmeros “elevadores” são espalhados pelas ruas e ligam os diferentes “níveis” da cidade, mais ou menos como acontece em Salvador, com o Elevador Lacerda, porém, em escala bem menor. Há um preço a ser pago para que as pessoas possam utilizá-los e, quem não tem “plata”, tem que usar as escadas mesmo.

Valpo é colorida e carrega um ar descontraído. Tem uma vibe mais jovem. Infelizmente visitamos a cidade em uma segunda-feira e, por conta disso, não pudemos conhecer a casa do escritor Pablo Neruda, já que os museus não funcionam neste dia. Caso você tenha mais tempo, vale muito se hospedar por pelo menos uma noite pra que tenha mais tempo para explorar. Mas, nossa dica é que se hospede na cidade vizinha e vamos falar dela agora.

Viña del Mar

Diferentemente de Valparaíso, Viña del Mar é bem melhor estruturada. A oferta de restaurantes e hotéis é bem melhor e maior! Além de a cidade possuir uma orla belíssima, conta também com uma noite mais agitada, além de ter cassinos, pra quem curte jogar. Pra quem tem tempo, pode passar pelo menos uma noite por lá e assim consegue aproveitar mais da cidade, inclusive de Valparaíso, já que as cidades ficam muito próximas. Viña ainda reserva uma surpresa. Na pequena praia de Reñeca, há uma formação rochosa chegando ao final da praia. Lá ficam dezenas de leões marinhos, rodeados por gaivotas. Não há qualquer cercado no local e eles parecem mesmo serem os donos da praia. Pra completar, a cidade recebe anualmente um festival de música, em meados de fevereiro e conta ainda com o famosíssimo relógio de flores. Nós ficamos apenas um dia e voltamos com a sensação de que deveríamos ter aproveitado mais. Caso você tenha essa possibilidade, irá curtir muito mais!

Ah! Dica extra … Na praia Los Marineros tem uma sorveteria chamada Bravíssimo e é toooop!!!

Se programe, revise seu orçamento e se planeje. Conhecer Viña e Valpo será demais!

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *