Viagem Internacional

viagem-internacional

O assunto hoje é: Viagem Internacional! Taí um tema que não sai da cabeça de todo iniciante em viagens. A ideia de conhecer um destino fora do país de origem faz parte do planejamento da maioria dos viajantes. Mas, logo, surgem muitas dúvidas, como: Qual destino? Quando ir? Quanto dinheiro levar? … Estas são apenas algumas entre muitas perguntas a serem respondidas antes de começar a planejar a viagem dos sonhos. Mas, muita hora nessa calma! É necessário passar da fase dos questionamentos e cair dentro das pesquisas pra que o momento de diversão não seja frustrado e fique devidamente guardado na memória, nas fotos e nas redes sociais, claro!

Vamos dar algumas dicas pra ajudar em seu planejamento. Fique atento para que nada saia do que foi desenhado e prejudique o andamento da sua viagem. Segue aí:

Localização

Um dos pontos mais importantes para que você curta com muita tranquilidade a sua viagem é SEGURANÇA! E, a localização da sua hospedagem é essencial pra isso. Não é porque estamos em outro país, levando a vida como turistas que estamos livres de situações indesejadas. Se você é daqueles que gosta de curtir baladas, aproveitar a noite, deve se lembrar na hora de  reservar sua acomodação de pesquisar se o hotel, hostel ou apartamento está em uma área tranquila. Caso contrário, sua “experiência” não seria satisfatória e você voltaria mais chateado do que contente. A localização não é importante apenas por conta da segurança, mas também por causa do seu deslocamento no destino desejado. Quanto mais próximo às atrações estiver, menor será seu custo, o que poderá lhe render uma reserva para aplicar em outras coisas durante a viagem, como passeios extras, compras …

Seguro

Alguns destinos te permitem viajar sem a exigência do seguro viagem. Mas, embora isso pareça uma boa economia, na verdade não é! Imagine se você está no México e resolve comer uma comida típica, com bastante pimenta. Se o viajante não estiver acostumado pode ter sérias complicações. Além de a viagem perder boa parte da “graça”, é possível que ainda tenha que se gastar dinheiro com medicamentos e até com consultas médicas de emergência. Nesse caso, pode-se deixar de fazer um passeio, por exemplo, por conta desses gastos. Acredite, não são poucas as histórias que relatam estas situações. Alguns destinos exigem seguros especiais, como é o caso de quem vai esquiar em Santiago, no Chile. Então, já sabe, nada de viajar sem seguro.

Moeda

Esse é um dos assuntos mais importantes no planejamento da viagem! É necessária muita pesquisa antes de decidir qual e quanta dinheiro levar na sua viagem. O câmbio pode variar bastante! Muitos dividem suas opiniões sobre qual moeda levar para o destino escolhido. Na América do Sul, por exemplo, nosso Real costuma ter boa aceitação. Normalmente, é melhor levar Real e comprar a moeda local nas casas de câmbio, principalmente no centro das cidades. Mas, se a ideia é conhecer outros continentes, é muito provável que você tenha que comprar a moeda desejada ainda aqui no Brasil, já que o Real não é bem valorizado na Europa, América do Norte, Oceania, Ásia …

Detalhe importante sobre quanto dinheiro levar: o viajante precisa pesquisar quantos dias ficará fora, quais passeios gostaria de fazer, o número de refeições diárias, se a acomodação oferece café da manhã, se será necessário fazer algum tipo de compras, no caso de estar em um apartamento, o quanto gastaria em comprinhas e souvenirs, transporte, entre outros gastos.

Quando Ir

Por último, mas nem um pouco menos importante, o viajante deve saber quando ir para o destino desejado. Por exemplo¹: se seu sonho é conhecer o Caribe, o ideal é pesquisar a época ideal para não correr o risco de receber a notícia de que não poderá sair do hotel porque existe a possibilidade de um furacão roubar a cena na sua viagem. Por exemplo²: se o que você mais deseja é conhecer o inverno europeu, não deve programar suas férias para julho. O verão estará bombando na Europa e você levará alguns casacos à tôa. Vale a pena pesquisar tudo sobre o clima antes de comprar as passagens. Ah, pode ser que esteja tudo certo entre o clima e o destino, mas você pode chegar na cidade bem no meio de uma semana comemorativa e não ter um pingo de paz. Por exemplo³: Caso seu desejo seja conhecer Cancún e você viaje durante o mês de março ou abril, pode acabar pegando o famoso Spring Break. Os estudantes americanos aproveitam as férias de primavera pra lotar destinos como esse e, de repente, você pode ver sua viagem indo pelo ralo, caso não seja do seu interesse, claro!

Enfim … Estas são apenas algumas dicas para planejar a viagem dos sonhos e não sairmos chateados por não ter sido bem aquilo que imaginamos. As dicas não servem apenas para iniciantes, pelo contrário. Quanto mais viajamos, mais nos apegamos à elas. Por isso, perca a insegurança, se prepare e viaje! Acredite, se seu desejo é conhecer um destino incrível, Dá pra Ir!

Tags:

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *